arquivo

Arquivo da tag: Contentamento

Toda vez que for feito ou que se quiser algo realmente sujo, a primeira lembrança vai ser de mim.

E esta é uma forma e tanto para se ser lembrada.

Comprei um espelho enorme. Acho que nunca tive um espelho tão grande. Consigo me ver inteira. Hoje pela primeira vez passei creme, no corpo inteiro, no espelho (como a minha mãe). Vi cada dobra, cada curva, cada defeito e deixei estar. Ainda tenho uma marca de sol, de queimado, no peito. Ela está se apagando aos poucos, se fundindo com um belo bronzeado de escritório amarelado. Lembrei dos momentos que me fizeram ficar com essa marca de queimado e fiquei feliz imediatamente. Fico pensando que quero mais disso, ainda esse ano. Não sei se será possível. Não sei se vai se repetir. Queria poder entrar no mar dessa vez. Mesmo que fosse um pouco só. Mesmo que eu me irritasse depois. Sinto certa falta. Queria ficar mais queimada, inteira escura, pernas, bunda, costas, rosto. Quero ter mais lembranças. E sempre poder voltar para esses lugares todos.

%d blogueiros gostam disto: