Tóxicas

“Nem todas as pessoas tóxicas são cruéis e indiferentes. Algumas delas nos amam muito. Muitas delas tem boas intenções. A maioria é tóxica para nós simplesmente porque suas necessidades e sua forma de existir no mundo nos força à comprometermos a nós mesmos e a nossa felicidade. Eles não são pessoas inerentemente ruins, mas não são as pessoas certas para nós. E por mais difícil que seja, precisamos deixá-los ir. A vida já é difícil o suficiente sem termos à nossa volta pessoas que nos põem pra baixo, e por mais que você se importe, você não pode destruir-se para o bem de outra pessoa. Você tem que fazer com que seu bem estar seja uma prioridade. Se isso significa romper com alguém com quem se importa, amar uma pessoa da família à distância, deixar com que um amigo se vá ou remover-se de uma situação que parece dolorosa – você tem todo o direito de ir embora e criar um espaço mais seguro para si mesmo”.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: