As coisas acontecem porque assim precisam acontecer

Bastante preguiça de gente que não entende que os outros, a vida, independem de si. Querem ser reconhecidas como a autoras de coisas que, sinceramente, não dependem delas – mas se recusam a enxergar isso. Querem o acontecimento como prêmio: “X coisa só aconteceu por minha causa”. Tá… E daí que aconteceu por sua causa? Alguém te deve royalties hoje por conta disso? Acho que esse é o patamar mais baixo que a exigência e a cobrança em relacionamentos humanos pode chegar. Me falam sobre “ter consideração”. Para mim, ter consideração é uma coisa e ter de passar toda vez pelo crivo e pedir bença todas as vezes, é outra, bem diferente. Não sou obrigada. E tudo acontece em relação a forma que é dito. É dito como se nós devessemos algo eternamente à pessoa. Não. Ninguém deve nada a ninguém. Só isso. As pessoas são livres e autônomas e as relações são – na minha concepção devem ser – mais livres ainda. E as coisas acontecem porque assim precisam acontecer. E não “por sua causa”.

Existem coisas nesse mundo e nessa vida que são muito maiores que a sua mera interferência.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: