Toco

Sonhei com você esses dias, que chegava pra te beijar, beijo na boca e você virava o rosto pra mim. Te segurei, no sonho, e falei “ei, calma, me deixa eu te dar um beijo no rosto ao menos” e você, contrariado, deixou. Eu entendi o porquê de eu ter sonhado isso. Observando o contexto atual dos dias anteriores, fazia todo o sentido do mundo eu sonhar aquilo e tudo bem. Mas de qualquer modo esse sonho me deixou com a pulga atrás da orelha. Antes eu já sabia que não iria me movimentar muito nesse sentido. Agora, tenho certeza. Vou aguardar e não me precipitar acerca de nada.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: