Condenação

“É como um bicho de estimação idoso e já condenado, Dora. Sabemos que ele irá morrer, mas o bicho não tem consciência da própria morte. A única coisa que nos resta a fazer é dar a ele o resto de vida mais confortável possível.”

 

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: