Sequência

I

Você está na minha mira. Mas não se preocupe porque isso não é nada. Problema mesmo é quando alguém está na minha visão periférica…

peixes-felipe-28100213II

No meio de uma conversa, uma engolida a seco do outro nos diz (denuncia) muito mais do que precisamos saber.

III

Pensei que era romance, mas era só histeria. De leve. Pra dar um brilho.

IV

Estávamos eu, você e ela em algum lugar na Liberdade. Íamos comprar um apartamento. Era um apartamento antigo e parecia ser uma época antiga também. Tinham muitas pessoas querendo ver o mesmo apartamento, aguardávamos na fila. Nem chegamos a olhar o apartamento, fomos pra outro lugar. Não sei em que momento tudo virou um filme e estávamos num quarto azul acinzentado. Você abre a porta de um guarda roupa e uma avalanche de coisas saem de lá, bagunçando o quarto todo. Sinto-me cansada, digo que nada disso é meu e que não vou arrumar tudo isso. Deito-me na cama, querendo dormir. Você se aproxima de mim e sinto seus cabelos, sua cor, sua respiração. Te absorvo com cada poro de mim, como se eu fosse uma cobra. Você me abraça, aperta a minha mão de um jeito atrapalhado e também tenta dormir. Está tudo bagunçado, está tudo uma zona, coisas no chão, em cima da cama, por todos os lados, em todos os lugares. E ela está do outro lado.

Sonhos são muito melhores do que qualquer outra realidade.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: