the downward spiral

Isso irá se repetir.

E jamais irá se completar.

Bem ao gosto dos seus.

Não há um momento para o que não existe.

Não há espaço para a falta, que pensa equilibrar.

.

Do amor completo,

À angústia completa,

Ao ódio completo,

À indiferença completa..

Finco desconfortos,

para rasgar um tecido fino de insatisfação.

Piso em absolutos,

descendo a escada,

insegura.

O que é à mim proferido

é aceito e

incompleta-se 

de saída, no próximo instante.

Se prova falso. Deixa de existir.

All our truth is built upon lies…

.

A palavra, o que é dito,

é de uma perenidade que

se pretende

falaciosamente.

.

Ao menos o que é efêmero eterniza-se

e não se destitui

de significado.

Nem ao menos necessita dele.

É nada, sendo tudo.

É falso, sendo a maior verdade reconhecida até então.

A guerra contra o que é falso

(o que é falso?)

é

desde sua gênese

uma guerra

perdida.

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: